Solliciteren bij de Partij voor de Dieren banner

Também você pode fazer desse mundo um lugar melhor para os animais.

Envolva-se!

Você quer ajudar a questão do bem-estar dos animais subir na agenda política de seu país ? Você quer fazer parte do movimento político mundial para os direitos dos animais e do nosso planeta?

Aqui seguem algumas sugestões:

1. Obrigue políticos a tomar uma atitude    

Partidos políticos geralmente só se preocupam com interesses humanos. Quase nunca eles olham para os interesses dos animais. É por isso que não existe nenhuma ou quase nenhuma legislação sobre os direitos dos animais em muitos países. Animais simplesmente não são um assunto para uma discussão política. Políticos também não expressam uma opinião sobre o assunto, e muito raramente eles são confrontados por jornalistas ou colegas políticos com questões relacionadas ao bem-estar animal. Quanto mais os eleitores mostrarem interesse em pontos de vista políticos sobre o bem-estar dos animais, tanto mais os políticos serão obrigados a tomar um ponto de vista sobre o assunto.

Da seguinte maneira você pode encorajar políticos a se expressar sobre questões relacionadas ao bem-estar dos animais:

  • Leia atentamente os programas eleitorais de todos os partidos políticos para descobrir a menção (ou omissão) de questões relacionadas ao bem-estar animal e compartilhe suas descobertas  com tantas pessoas quanto possível;
  • Entre em contacto com políticos (locais) e pergunte-lhes seus pontos de vista sobre assuntos de bem-estar animal;
  • Acompanhe as discussões políticas e chame a atenção para questões relacionadas ao bem-estar animal ou à falta das mesmas.

Directa ou indirectamente peça aos políticos para atarefar-se a respeito disso. Você pode entrar em contacto com eles directamente ou pelas suas organizações políticas, por meio de uma carta ou enviando artigos de opinião política para jornais, tentando interessar jornalistas nos assuntos que você realçou, organizando manifestações (por exemplo, um protesto mídia-gênico ou uma acção de e-mail) e assim por diante.

É indispensável que os políticos se tornem cientes do facto que eleitores acham o bem-estar dos animais importante. Na verdade, nenhum político vai querer admitir abertamente que o bem-estar animal não lhe interessa! Outra coisa é se ele vai ou não vai manter as suas promessas, mas de qualquer jeito é importante fazer um começo e obrigar os políticos a formular atitudes claras sobre assuntos de bem-estar animal. Você pode conseguir isto indagando repetidamente seus pontos de vista, e continuando a estimular o debate social sobre o bem-estar dos animais.

2. Vote a favor de políticos ou partidos amigáveis aos animais    

Se um partido para os animais já foi estabelecido no seu país, vote por ele. Mesmo que um partido para os animais tenha uma única cadeira, a sua influência é maior do que se poderia pensar. Na Holanda, nós percebemos que só pelo fato de termos participado das eleições, os outros partidos tentaram provar que um partido para os animais não era necessário, que eles mesmos eram realmente amigáveis aos animais e ao meio-ambiente. E desde que conseguimos duas cadeiras, os partidos tradicionais prestaram muito mais atenção aos assuntos relacionados aos animais, à natureza e ao meio-ambiente que antes. Assuntos que nunca antes foram discutidos no parlamento, desde aí foram postos na agenda política.

Se não há um partido para os animais no seu país, então descubra quais são os políticos ou partidos políticos mais amigáveis aos animais. Um partido terá um perfil mais amigável aos animais que outro, mas também pode acontecer que um verdadeiro protector de animais faça parte de um partido menos amigável aos animais. Descubra os políticos e os partidos políticos com pontos de vista claros sobre o bem-estar animal e vote a favor deles na eleições.

3. Veja como partidos políticos votam: eles cumprem as suas promessas?    

Fazer promessas amigas dos animais é uma coisa, mas como políticos mantê-los é, naturalmente, o que está em causa. Quebrar promessas eleitorais sobre bem-estar animal não é algo que deve passar despercebido. Na Holanda, o Partido para os Animais confronta continuamente outros partidos políticos e do governo com as promessas que eles fizeram sobre bem-estar animal.

Montamos um site especial para dar uma visão geral do comportamento eleitoral de todos os partidos políticos no que diz respeito ao bem-estar animal. O site mantém o controle de como os partidos votam em cada resolução relativa ao bem-estar animal, que é votado no parlamento. Desta forma, cada eleitor que está interessado em bem-estar animal pode ver como os vários partidos estão votando. Clique aqui se você gostaria de ver este (língua holandesa) website.

4. Estabelecer um partido de bem-estar animal    

Quando estabelecemos o Partido para os Animais, havia pessoas que questionavam o que um partido de bem-estar animal poderia acrescentar ao trabalho de organizações de bem-estar animal existentes. A resposta é simples. Como membros eleitos do parlamento, temos influência direta sobre os debates políticos e agendas. Em contraste, as organizações não-governamentais estão restritas a fazer lobby para influenciar os políticos. Isso não significa que essas organizações não são importantes, muito pelo contrário. No entanto, a situação holandesa provou que ter um bem-estar animal de partido no parlamento é essencial para realmente colocar o bem-estar animal na agenda política.

As oportunidades para um novo partido ganhar a entrada no parlamento diferem confortme o país. Acreditamos que é importante pensar em termos de possibilidades, ao invés de impossibilidades. A história tem mostrado que os movimentos de emancipação passam por processos semelhantes. Eles começam pequenos, são liderados por um pequeno grupo de pessoas que nadam contra a corrente social forte, e são regularmente ridicularizados por outros. Esta é a forma como as coisas correram com os movimentos que se esforçaram para a abolição da escravatura, o trabalho infantil e a posição de segunda classe das mulheres. Isto é como as coisas também vão para o movimento político de emancipação que luta pelos direitos dos animais. Então, não desanime!

Nós somos parte de um crescente  movimento mundial, que se esforça para  que os animais sejam tratados com respeito. Naturalmente, este movimento é uma resposta a um período de excesso de uso, o egoísmo, o materialismo e crueldade. É de vital importância que este crescente movimento de bem-estar animal ganhe tanta influência política possível. É por isso que tantos partidos para os animais como possível devem ser criados para promover o tratamento respeitoso dos animais, tanto na arena política nacional e internacional.

5. Apoiar o Partido para os Animais na Holanda    

Os jornalistas estrangeiros e o público internacional continuam curiosos sobre os prós e contras do nosso partido. Estamos satisfeitos com isso, porque quanto mais pessoas nos apoiam, melhor. Um partido para os animais holandês forte e bem sucedido é importante para os animais dentro e fora dos Países Baixos. Ele serve como um bom exemplo para os outros.

Nós somos o primeiro partido do mundo, que toma uma posição pelos direitos dos animais num parlamento nacional. Isto dá um importante sinal aos políticos de todo o mundo e à protetores de animais em outros países que também querem estabelecer seu próprio partido animal.

Nós regularmente fazer viagens ao exterior para dar palestras e para ajudar os outros grupos irmãos.  Juntos, temos a oportunidade histórica de levar a questão dos direitos dos animais às agendas políticas e parlamentares de todo o mundo. Além do apoio moral de protetores de animais em outros países, o apoio financeiro também é importante. Nós não queremos ser apenas um Partido para os Animais Holandês, nós gostaríamos de ser uma fonte de inspiração para os outros a fazer justiça para com os animais em qualquer lugar do mundo.

Ajude-nos a espalhar a nossa mensagem! Você pode apoiar o Partido para os Animais, fazendo uma doação.